Itens filtrados por data: outubro 2017
28/ sábado | 22h | Dama de Paus | Reveles
prémio para a melhor abóbora
prémio para a melhor máscara
 
serviço de bar e petiscos
entradas livres
Publicado em Agenda Cultural
sábado, 28 outubro 2017 11:00

IV Festival da Enguia | Ereira

28/ sábado | 13h | Associação Cultural Desportiva e Social da Ereira

inscrições até 20 de outubro
valor por pessoa: 20 enguias

Publicado em Agenda Cultural

Montemor pela Igualdade e Desenvolvimento

24 de outubro/ 3ª-feira | 14h00 - 17h00 | Biblioteca Municipal Afonso Duarte | Montemor-o-Velho

 

SESSÃO DE TRABALHO

A Igualdade/Desigualdade no Envelhecimento

Dinamizadora: Professora Dra. Margarida Pedroso Lima

Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra

 

A Igualdade de Género na Violência Doméstica

Dinamizador: Dr. Nuno Gradim

Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género

 

Destinatári@s: Técnic@s e dirigentes da Rede Social, dos projetos iMontemor3g e RLIS

 

Publicado em Agenda Cultural

No dia 21 de outubro, a Associação Asas d'Ouro realizou a tradicional Gala dos Campeões no restaurante “O Amigo”, na Tocha. A iniciativa, que assinalou o encerramento da Campanha Desportiva 2017, juntou dezenas de sócios, amigos e entidades num momento de convívio e celebração desportiva.
No momento, o vice-presidente da Câmara Municipal, José Veríssimo, saudou todos os columbófilos, elogiou o trabalho da Asas d’Ouro e sublinhou: “Muitos parabéns aos campeões, mas não os há sem o apoio das suas famílias. É um mérito desportivo que envolve toda a família e isso está bem patente nesta comemoração. Este é um exemplo que devia ser seguido por todas as coletividades”.
À margem da entrega de prémios e lembranças, da presença e intervenções do presidente da Junta de Freguesia de Arazede, Eusébio Campos, de José Silva Jesus, da Academia Musical Arazedense, e de Lusitano Espinhal, do representante da Federação Portuguesa de Columbofilia, o presidente da direção da Asas d’Ouro, João Cruz, sublinhou: “A Campanha Desportiva de 2017 realizou-se num sã ambiente de camaradagem e desportivismo e tivemos uma digna representação da nossa coletividade a nível distrital”.
Na classificação geral, João Cruz ficou em 1º lugar, seguindo-se Blandino Loureiro (2º), Carlos Gomes (3º), Monteiro´s (4º) e Joaquim Mendes (5º).
José Tomaz foi o Campeão de Yearlings, Blandino Loureiro venceu também em Velocidade, João Cruz no Meio-fundo e Carlos Gomes foi o campeão de Fundo.

Saiba mais em http://www.columbofilia.net/asasdouro/main12.htm

 
Publicado em Notícias

As bodas até podem ser de porcelana, mas a vitalidade e o espírito do Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego - Santo Varão parecem ser feitos de um material resistente a tudo! No dia 21 de outubro, o grupo celebrou 20 anos de vida rodeado de muitos amigos, entidades, elementos do grupo e familiares.
Antes do animado jantar de confraternização e da entrega surpresa de uma lembrança aos elementos do grupo, o momento foi aproveitado para honrar a memória do grupo e para receber os muitos elogios e palavras de incentivo dos convidados.
O coordenador do rancho folclórico, Pedro Santos agradeceu o apoio e a colaboração de todos, deixou palavras especiais de agradecimento para os familiares que “ficam aos serões retidos, ou não podem ir passar o fim-de-semana fora ou que deixam de fazer algo porque o elemento do grupo tem um compromisso”, bem como destacou a dinâmica e o bom ambiente que se vive na formação santovaronense.
O momento foi também aproveitado para recordar os elementos que já faleceram, tendo sido a sua memória honrada com uma forte e sentida salva de palmas – António Gonçalves, António Lemos, António Paixão, António Pescante, António Macedo, Fátima Verão, José Maria e Mário Pimentel.
Por sua vez, o presidente da Junta de Freguesia de Santo Varão, João Girão, reiterou o apoio institucional ao rancho e congratulou-se pela formação “continuar a levar o nome da freguesia e do concelho mais longe”. António Gabriel, da Federação do Folclore Português, destacou o a ação do rancho e referiu: “preservar a memória é preservar a identidade”.
Numa intervenção cheia de emoção, a vereadora Alexandra Ferreira referiu: “Ao longo destes oito anos tive a oportunidade de estar muito presente na vida do rancho, de acompanhar o crescimento e de ver o trabalho de excelência desenvolvido que se transformou numa referência para outras formações”.
“Hoje é um dia muito especial. Escolhi encerrar o meu mandato autárquico aqui, num local onde sempre fui muito bem recebida e por quem eu tenho um carinho muito especial”, disse, emocionada.
“Desejo-vos os maiores sucessos e que continuem a inovar”, concluiu.

Publicado em Notícias

O Município de Montemor-o-Velho convida todos os Munícipes a assistir à tomada de posse dos órgãos autárquicos para o quadriénio de 2017/2021.

A cerimónia de instalação da Assembleia Municipal e da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho realiza-se no próximo dia 22 de outubro, pelas 16 horas, no edifício dos Paços do Concelho, em Montemor-o-Velho.

Publicado em Agenda Cultural
domingo, 22 outubro 2017 09:19

10º Passeio TT'17 Rota Alta | Cabeça Alta

10º Passeio TT'17 Rota Alta | Cabeça Alta

22/ domingo | ARCA | 8h30 | Cabeça Alta | Seixo de Gatões

Publicado em Agenda Cultural

O Município de Montemor-o-Velho convida todos os Munícipes a assistir à tomada de posse dos órgãos autárquicos para o quadriénio de 2017/2021.

A cerimónia de instalação da Assembleia Municipal e da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho realiza-se no próximo dia 22 de outubro, pelas 16 horas, no edifício dos Paços do Concelho, em Montemor-o-Velho.

Publicado em Notícias
sábado, 21 outubro 2017 09:23

Festival 6 Continentes | Gatões

Festival 6 Continentes | Gatões

22/ domingo | 13h | Clube União Musical Recreativo Gatoense | Centro Cultural

Festival das Sopas
Mostra de Artesanato
Artistas Convidados: Grupo de Cantares Arroz aos Molhos, Luís Carvalho & Alunos, Concertinas do Mondego, Grupo de Fados "Os Estafados" e a cantora Sónia Figueiredo

Publicado em Agenda Cultural

No dia 20 de outubro, a Santa Casa da Misericórdia de Pereira ganhou um reforço das suas valências com a inauguração de uma nova cozinha de uma lavandaria.
A obra, que representa um investimento de 135 mil euros, teve um apoio de 96 mil euros do Fundo Rainha D. Leonor, um programa da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa com a União das Misericórdias Portuguesas.
No final do descerramento da placa comemorativa e da bênção das instalações feita pelo padre António Domingues, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Pereira, Adérito Galvão, deixou palavras de agradecimento e reconhecimento aos mesários, irmãos e irmãs da Santa Casa, às entidades, aos trabalhadores, a todos os presentes e referiu: “Vivemos um momento que a todos nos deixa bastante felizes, embora a situação financeira da nossa instituição esteja a atravessar uma fase débil”.
Ao lembrar que a instituição tem as valências para a infância, de Centro de Dia, de Apoio Domiciliário e de uma Unidade de Cuidados Continuados, o provedor reiterou a intenção de continuar a “contribuir para um ambiente promotor de saúde para as crianças e para os idosos”.
Adérito Galvão, ao recordar as dificuldades encontradas ao longo da obra, fez questão de agradecer ainda “à Câmara Municipal pela preciosa colaboração” que permitiu corrigir uma situação relacionada com o terreno da instituição, bem como revelou que aguardam o resultado de uma candidatura para fazer obras na igreja da Misericórdia.
O presidente da Câmara Municipal, Emílio Torrão, ao referir ser “um enorme orgulho e satisfação estar presente”, quis deixar uma palavra de especial de reconhecimento “aos trabalhadores da Santa Casa pela forma como tratam os seus idosos e que muitas vezes são o rosto esquecido da instituição”.
Ao congratular-se pelo provedor ter aceite o desafio do edil montemorense para apresentar uma candidatura “feita com muito brio” para a recuperação da igreja, o presidente da Câmara, Emílio Torrão, referiu: “Este é um património valiosíssimo que urge proteger e recuperar. Tenho muita pena que nos últimos anos as pessoas tenham andado distraídas e que só agora tenhamos conseguido fazer a candidatura para obras de recuperação da igreja da Misericórdia. Da parte do Município, tudo temos feito para tratar os desafios que a Santa Casa nos tem apresentado e garanto que vai poder contar com o nosso apoio”.
Ao deixar também palavras de reconhecimento a Rui Almeida, presidente cessante da Junta de Freguesia de Pereira, naquele que foi o seu último ato público, Emílio Torrão frisou: “Estamos a entrar num novo ciclo político e a governação autárquica só fará sentido se todos participarem. Assim, deixo também um desafio aos seniores para que se inscrevam nas nossas atividades e que sejam portadores do Cartão Montemor Sénior”.
A sessão de inauguração contou igualmente com as intervenções de Inês Dentinho, do Fundo Rainha D. Leonor, e de Paulo Gravato, da União das Misericórdias Portuguesas.
A par nova cozinha e lavandaria, o projeto contemplou ainda o arranjo de um espaço exterior para o convívio intergeracional.

Publicado em Notícias
Pág. 1 de 3

Saber...