850 ciclistas, de 21 países, pedalaram este domingo, dia 24 de outubro, pelas desafiantes estradas da região de Coimbra na primeira edição do UCI Granfondo World Series Coimbra Region - Montemor-o-Velho 2021.
Montemor-o-Velho foi o ponto de partida e de reencontro desta surpreendente prova que passou pela Figueira da Foz, Soure, Penela, Miranda do Corvo e Condeixa-a-Nova e sagrou como campeão o francês Loic Ruffaut.
 
O vencedor cumpriu os 151,7 km do Granfondo em 3 horas, 48 minutos e 53 segundos e as vistas inesquecíveis da região, banhadas pelo Mondego, deram ainda mais fôlego ao corredor francês. O restante pódio foi disputado ao sprint na já icónica subida do Castelo de Montemor-o-Velho, com Rui Sá a conquistar o segundo lugar, logo seguido de Nuno Inácio e Diogo Silva, que fecharam o pódio, ex aequo, com um tempo total de 3 horas, 54 minutos e 41 segundos.
Ana Caramelo foi a primeira ciclista a terminar o UCI Granfondo World Series Coimbra Region em Montemor-o-Velho, com um total de 4 horas, 28 minutos e 47 segundos. Com apenas 10 milésimos de segundo de diferença, Sofia Gomes alcançou o segundo lugar, tendo a espanhola Raquel Tabernero subido ao terceiro lugar do pódio.
 
No mediofondo, a vitória foi para Ruben Pais, que completou os 104,2 km do trajeto da prova em 2 horas, 46 minutos e 47 segundos. No feminino, Ana Neves levou o troféu para casa ao terminar a prova em 2 horas, 58 minutos e 47 segundos.
 
No arranque da prova, os também participantes Jorge Brito, secretário executivo intermunicipal da CIM-RC, e Emílio Torrão, presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, acompanhados pelo vereador do desporto Décio Matias, desejaram a todos uma excelente prova e, deixando palavras de elogio à organização, agradeceram a presença de todos os ciclistas e a aposta feita em Montemor-o-Velho para acolher o único Granfondo da Península Ibérica que, em 2021, pontua e permite o apuramento para o Campeonato do Mundo Gran Fondo da UCI (Union Cycliste Internationale).
 
De recordar que o evento contou com o aval internacional do UCI Gran Fondo World Series, fazendo parte de um grupo selecionado de eventos que, a nível internacional, pontuam para os campeonatos mundiais de 2022 desta disciplina, e que rondam os 25 ao redor do mundo, o que constitui uma oportunidade única para os participantes.
O UCI Granfondo World Series Coimbra Region é um evento de cicloturismo, aberto à participação de todos os ciclistas, ciclodesportistas e cicloturistas (federados ou não federados), que contou com dois dias de prova. Sábado, o contrarrelógio deu um colorido especial à Figueira da Foz, ao longo dos 17,3 km de percurso, sempre com vista para a bela costa da Região. Este domingo, disputaram-se as distâncias de Granfondo e Mediofondo, percorrendo 6 concelhos da região de Coimbra.
O evento, que se pretende assumir como o maior e mais internacional evento de ciclismo alguma vez já realizado no nosso País, tem organização da Cabreira Solutions e dos Municípios de Montemor-o-Velho e da Figueira da Foz, contando ainda com o apoio da Turismo Centro de Portugal, da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e da Federação Portuguesa de Ciclismo.
Os relógios já estão em contagem decrescente para a primeira edição do UCI Granfondo World Series Coimbra Region - Montemor-o-Velho 2021.
 
Este domingo, dia 24 de outubro, todos os caminhos vêm dar a Montemor-o-Velho para os cerca de 850 ciclistas, de 21 países, que vão participar no UCI Granfondo World Series Coimbra Region - Montemor-o-Velho 2021, nas distâncias Granfondo e no Mediofondo. Montemor-o-Velho é o ponto de partida e de chegada desta importante prova de ciclismo que vai percorrer as desafiantes estradas e caminhos de 6 concelhos da Região de Coimbra: Figueira da Foz, Soure, Penela, Miranda do Corvo, Condeixa e Montemor-o-Velho.
 
Sábado, a Figueira da Foz recebe o contrarrelógio, sempre com vista para a bela costa da Região.
 
Reunindo ciclistas de competição e amadores, este é o único evento realizado na Península Ibérica, em 2021, que pontua e permite o apuramento para o Campeonato do Mundo Gran Fondo da UCI (Union Cycliste Internationale).
 
O evento, que se pretende assumir como o maior e mais internacional evento de ciclismo alguma vez já realizado no nosso País e tem o aval da UCI, tem organização da Cabreira Solutions, em parceria com os Municípios de Montemor-o-Velho e da Figueira da Foz, contando ainda com o apoio da Turismo Centro de Portugal, da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e da Federação Portuguesa de Ciclismo.
 
 
Foi em cima do kayak, de uma canoa ou do stand up paddle que Montemor-o-velho encerrou mais uma Semana Europeia do Desporto (SED). 
O Centro Náutico de Montemor-o-Velho foi, na manhã de domingo, dia 3 de outubro, o palco da última atividade desenvolvida pelo Município Montemorense no âmbito da SED de 2021.
 
Dedicada aos desportos náuticos, a iniciativa contou com a colaboração do Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho e proporcionou novas experiências de iniciação à prática de canoagem, remo e stand up paddle aos participantes, promovendo e incentivando um estilo de vida saudável todo o ano.
 
A SED é uma iniciativa desenvolvida pela Comissão Europeia e coordenada em Portugal pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P.. De 23 de setembro a 3 de outubro, Montemor-o-Velho voltou a mostrar que é #BeActive, dinamizando diversas atividades para diversos públicos, desde as crianças dos jardins de infância aos seniores, e versando diversas temáticas como o desporto inclusivo, o desporto no trabalho e as atividades outdoor.
Os 140 participantes do Trilho de S. Miguel voltaram a percorrer, na manhã de domingo, dia 3 de outubro, os caminhos da freguesia de Liceia.
Após um ano de interregno, devido à pandemia da covid-19, a quinta edição da prova organizada pelo Centro Cultural Recreativo e Desportivo de Liceia (CCRDL), que integra o Circuito Distrital de Trail Curto da ADAC, promete desvendar 17km de trilhos e as paisagens daquela freguesia do concelho de Montemor-o-Velho.
 
No arranque da prova, o vereador Décio Matias saudou a organização da prova e os atletas participantes, assinalando que “esta é uma iniciativa que marca o retomar do dinamismo do CCRDL”.
 
Reconhecendo o “empenho da equipa de trabalho”, o presidente da direção do CCRDL, Américo Rodrigues, acredita que os caminhos trilhados nesta edição do Trilho S. Miguel “vão ficar na memória dos participantes”. “Modernizámos o trilho, projetámos um circuito diferente que mostra alguns dos locais de destaque da freguesia de Liceia, como a Fonte dos Namorados, e que desvenda algumas das tradições locais, como o lavar da roupa ou os nossos reconhecidos quadros de flores”, sublinhou. 
Montemor-o-Velho assinalou o Dia do Professor de Educação Física com uma manhã marcada pela competição, companheirismo, superação e convívio.
Fazendo juz ao mote da Semana Europeia do Desporto, #BeActive, 16 professores de educação física residentes ou que trabalham no concelho de Montemor-o-Velho participaram hoje, 2 de outubro, num animado torneio de Padel, na Matchmor Padel.
 
Celebrando o desporto nas suas diversas vertentes, o Município de Montemor-o-Velho volta a associar-se à iniciativa desenvolvida pela Comissão Europeia e coordenada pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P..
 
Amanhã, domingo, dia 3 de outubro, o Centro Náutico de Montemor-o-Velho é o palco do encerramento desta participada Semana com as atividades náuticas em destaque.
A iniciativa, que decorre entre as 9h e as 12h, é gratuita, mas sujeita a inscrição (https://forms.gle/FiFd6CKbHJVVbeaw9).
21 agosto 2021 / Centro Equestre de Montemor-o-Velho
O Município de Montemor-o-Velho pretende elaborar um regulamento que estabeleça os critérios e as condições para a utilização da Pista de Atletismo Municipal, assim como defina os benefícios a ele associados, incluindo-se, neste âmbito, regras de utilização, taxas e benefícios associados.
 
Neste sentido, e em cumprimento do disposto no artigo 98º do Código do Procedimento Administrativo, aprovado pelo Decreto-Lei nº4/2015, de 7 de janeiro, foi determinado, por deliberação da Câmara Municipal, de 26.07.2021, iniciar o procedimento de elaboração do Regulamento da Pista de Atletismo Municipal.
 
Foi ainda determinado que, no prazo de 15 dias a contar da data da publicitação do início do procedimento no site do Município, e sem prejuízo da apresentação de sugestões no âmbito da consulta pública a que será submetido o Projeto do Regulamento em causa, os interessados se possam constituir como tal e apresentar contributos para a elaboração do regulamento mediante requerimento que deverá ser entregue no Balcão Único do Município durante o horário normal de expediente (de segunda a sexta-feira das 9h às 16h), remetido por correio dirigido ao Presidente da Câmara Municipal, Praça da República, 3140-258 Montemor-o-Velho ou por correio eletrónico para o endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..
A conquista da medalha de bronze, nos Jogos Olímpicos de Tóquio, é mais uma prova do talento, do trabalho e da ambição do grande atleta que é o Fernando Pimenta e que, dia após dia, se desafia e supera no nosso Centro Náutico.
 
O Centro Náutico de Montemor-o-Velho é um espaço de desporto, de alto rendimento, de treino, de esforço, de dedicação, onde fervilha a paixão, o esforço, a fibra, a persistência, a entrega, o trabalho e a dedicação.
Parabéns também a todos os atletas que fazem do Centro Náutico a sua casa e que, dia a dia, treinam, constroem o sonho, lutam e crescem em Montemor-o-Velho.
 
 
#montemorovelho #mmv #centronáutico #centrodealtorendimento #canoagem #FernandoPimenta #bronze #JogosOlímpicos #Tóquio2020 #desporto #Portugal
#FPC

As Piscinas Municipais de Montemor-o-Velho estão a ser alvo de obras de beneficiação e reabilitação energética. Melhorar as condições de acessibilidade e de utilização das Piscinas, bem como tornar o equipamento municipal mais eficiente e amigo do ambiente são alguns dos objetivos da empreitada que pretende reduzir em 30% o consumo de energia.


Para além da colocação de painéis solares e fotovoltaicos e da instalação de caldeira com um sistema de queima de pellets e estilha, o projeto de reabilitação energética contempla a substituição do revestimento da cobertura e da iluminação tradicional por tecnologia LED (Light Emitting Diode), bem como a colocação de caixilharia mais eficiente do ponto de vista térmico.
Com vista a melhorar a qualidade do ar, as obras preveem a substituição da unidade de desumidificação, a instalação de uma unidade de tratamento de ar e de uma unidade de gestão técnica centralizada.

Apesar do esforço para minimizar os constrangimentos com os utilizadores do equipamento, fazendo coincidir as obras com o período de encerramento obrigatório das instalações desportivas devido à pandemia, as Piscinas Municipais só deverão reabrir no último trimestre do ano.

A intervenção, promovida pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, representa um investimento de cerca de 500 mil euros e conta com o apoio de fundos comunitários, no âmbito do Programa Operacional do Centro - no eixo prioritário “Afirmar a sustentabilidade dos territórios (CONSERVAR), realizando-se ao abrigo do Objetivo Temático “Apoiar a transição para uma economia de baixo teor de carbono em todos os setores”.
Pág. 1 de 2

Saber...